Em Farroupilha, Auxílio Emergencial é aprovado para quem não precisa de Auxílio Emergencial
11/06/2020 10:22 em Terrinha

O Auxílio Emergencial de R$ 600 (em alguns casos, R$ 1.200) liberado pelo Governo Federal para ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social, desempregadas, trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI's) e autônomos durante a crise da pandemia do Coronavirus, passa por uma polêmica na Serra gaúcha. O valor, que se aproxima ao da cesta básica no Brasil, é um enorme respiro para quem não tem uma renda estável ou até ficou, literalmente, sem renda durante esses quase 90 dias de parada geral.

Em Farroupilha, o auxílio foi aprovado para muitas pessoas que não precisam. Cidadãos de classe média/alta, empregados e até jovens que moram com os pais (estes empregados) receberam o benefício, como mostra o Portal da Transparência do Governo Federal, onde estão todos os nomes dos beneficiados pelo programa. 

Aqui do ladinho, em Garibaldi e Carlos Barbosa, advogados e empresários que têm alta renda e que não se enquadrariam para receber o auxílio, também receberam.

É possível denunciar quem teve o benefício aprovado mas não cumpre com todos os requisitos (ou não precisaria desse valor). O próprio Portal da Transparência permite fazê-lo ali mesmo, junto a lista com os nomes.

No Brasil, cerca de 21 mil pessoas que receberam ou receberão o auxílio não cumprem com os requisitos. Isso tira o valor de cerca de 21 mil pessoas que precisam. Que, literalmente, não conseguem comprar um saco de pão e um litro de leite.

Se tu sabes de algum caso, denuncie! Independente de quem seja o denunciado.


Curtiu? Então larga mão de ser preguiçoso e compartilha com a galera!
Se achar melhor, volte para o início do site e se liga nas WP News.
Por Pikes WP.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!